E quando tudo começou...

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Lágrimas

Lágrimas... Este verso de um poema antigo meu, dedico ao amigo Marcos que carinhosamente o chamamos de "MacLeod"(do filme Highlander).
Companheiro de longas, grande músico que morou 2 anos em Salvador.
Encantou á todos com seu sorriso e seu humor fantástico.
Somente hoje após 72hs horas de sua morte fico sabendo e em desculpas dedico este poema a ele.
Sim! Guerreiro agora tu és imortal!
MALU FREITAS

3 comentários:

Äмbзr Gïrℓ ⅞ disse...

por menores que sejam seus versos, sua sensibilidade é máxima.

amei.

Blog Suicide Virgin

♠J. کchmid♠ disse...

A morte não existe, pois quem deixou sua marca sempre ficará vivo, e ele com certeza estará vivo desde que esteja sempre no coração e na lembrança de todos que o amaram, agora ele descansa em paz,que os anjos estejam ao lado dele, aceite as minhas sinceras condolencias
Blog Man in the Box

Davi Machado disse...

ah! que singelo poema!
é fato que quando a Morte leva a Saudade tras...

abraços