E quando tudo começou...

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

TRAJETO...Á Beira da Loucura...

A Beira da Loucura
Loucura beira, espreita-me
Todas as vezes que tento seguir com minha rotina
Belicosa, cheia de rotinas desinteressantes
Num vampirismo perfeito...
Que sofro daqueles que me exploram a mente
E as emoções...A me sugar.
Mentiras ouço de todos os lados
Falso amigos..Humm. Me afasto.
A Maldade Alheia não me atinge.
Continuo lutando pelos amigos verdadeiros.
A mesma que você viu um dia
No seu caminho pronta para te ajudar
Continua no mesmo trajeto
Para se um dia caíres
Te segurar

Malu Freitas
Foto: Google

Eu queria muito...


Eu queria muito...
Ter pouca idade
Para ver o Mundo pelo lado de fora
E não pelo lado de dentro
O lado da força que tende não lutar
Que impede ficar junto a ti do jeito que sempre quis.

Eu queria muito...
Ter tocado minha lápide
Depois de você ter me enterrado
Aquela que jaz aqui ainda existe de outra forma
Não precisa me evitar não darei medo
Ainda vivo em um chama viva
Em seu coração ferido e contento por bater em outro.

Eu queria muito...
Que você tivesse nascido antes
E pudesse fazer parte da minha vida
Do jeito que pensei que fosse possível
Quando te vi, talvez em outra encarnação.
Quem sabe até projetei vir na frente
Para proteger-te? Não, sei.
Só sei que nosso encontro foi de almas
E não gostaria que tudo se perdesse ao vento.

Eu queria muito...
Muito Eu queria...
Ter você pra mim...
Como me sentia...
Tão sua.

Malu Freitas

Fotos:Google