E quando tudo começou...

terça-feira, 30 de junho de 2009

Calo-me

  Calo-me

Calo-me a cada impossibilidade de entendimento.
Por um tempo...
Até que as atitudes falem e me respondam o que quero ver, ouvir e sentir.

Malu Freitas

Um comentário:

Äмbзr Gïrℓ ⅞ disse...

menina, ja estava com saudade de seus belos posts. bjs.

Blog Suicide Virgin