E quando tudo começou...

quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Revolta de Gaya


Revolta de Gaya

Revolto-me, Rebelo-me
Contra meus próprios filhos
Sou Gaya, Mãe-Terra
A Deusa Gaya
A Mãe-Natureza
Vos alimento me dão em troca
DESPREZO!
Vos Abrigo me retribuem
Podando radicalmente minhas VERDES-FILHAS
Dou-lhes Vida
Me cortam dando uma MORTE LENTA
Então se queres assim...

ME REVOLTO, TRANSBORDO,
QUEIMO, DESTRUO PARA PODER...


TE RECONSTRUIR

MALU FREITAS

Nenhum comentário: