E quando tudo começou...

segunda-feira, 3 de novembro de 2008

ÍNCUBUS...SÚCUBUS

Espíritos que nos conquistam
Em sonhos com seus encantos
Um ÍNCUBUS me atormentam as noites
Sei que não são malévolos, pois buscam as paixões carnais
Que um dia tiveram com desejo voraz da carne
Que seu corpo espiritual deseja-me
E nós espíritos carnais...
Nos deixamos levar apenas pelas doces sensações e desejos
Posso dizer que não gostei do seu beijo espiritual?
Nunca. Por longos anos te senti em minha cama
Oh! Príncipe das Trevas
Por muito tempo lutei contra esse desejo
Só se deita com os espíritos
Aqueles que são seduzidos e amados por eles.
Fascinados por eles
E suas vestes cálidas e frias
Nos envolvem, nos seduzem
Tem um calor imortal nisso.
De eterno. Fogo enganador de seus desejos
Mais no nascer do dia
Vem o cansaço da noite quente
O sentimento da perda
E o ócio do espírito que envolta a carne.
Quero voltar a dormir para encontrá-lo
Talvez voltar aos Umbrais Ocultos
E sentí-lo perto de mim.

Malu Freitas
Fotos Google

Nenhum comentário: