E quando tudo começou...

domingo, 2 de novembro de 2008

Amigo de sempre...

Poxa, como é bom sentar ao lado de quem
Respeita tuas histórias e lamúrias de amor
De alguém que mesmo em fúria
Por um dia ter te visto em outros braços
Perdoou e ganhou seu carinho novamente
Por hoje você não sentiu ciúmes do que escrevi
Calma! São apenas desabafos. Afinal, cair do céu não é fácil, rs.
Preciso externar meus sentimentos. Mesmo sendo público, não me importo
Não me preocupo com as idéias alheias.
Por isso muitos sentimentos não andam e outros... Nem saem do lugar,rs.
Por causa da palavra: "outros".
Olha, danem-se os outros. Aprendi isso por um tempo
Com um professor que esqueceu a sua melhor aula,rs.
E se perto de você esqueço o tempo e falo sobre tudo
Tenho o melhor de mim e de ti. SEMPRE JUNTOS...
Prometo ser boazinha e fazer meu dever de casa...
Aquele que me ensinastes...Ah! Esqueci! Você disse que era segredo!
Mais ninguém irá saber mesmo,rs.
Gostei de ver os seus olhos, gotas de esmeraldas que brilham ao ver o sol
Mesmo em meios de reclamações sobre o ardor do sol
Precisas um dia ver a lua mais ela não deixarás que me vejas
Pois estarei atrás de ti na forma de ASAS que te levarão
Ao espaço mais alto do céu...
Só para que vejas a lua como um dia vi
Bem de perto quase congelando
Uma experiência que poderá não ser única
Mais poderá se repetir muitas vezes.
Mesmo assim, por hoje foi bom torrar ao sol da manhã.

" Usem filtro solar"!

Malu Freitas
fotos : Google

Nenhum comentário: