E quando tudo começou...

quinta-feira, 6 de novembro de 2008

Um Amor Tranquilo...

Tenho saudades de um tempo
Onde tive um amor tranquilo
Daqueles que não se escrevem em contos de fadas
Com toda voracidade, sensualidade, carinhos
Tudo misturado num só
Mais sempre á dois.
O AMOR MAIOR
Foi a tanto tempo atrás que nem lembrava mais.
Até que um dia...


Conheci alguém que me fez senti assim de novo.
Mais não foi igual ao que eu tinha vivido
Pois este já estava contaminado pelas minhas decepções
De ambas as partes havia alguma pendência.
Cada um buscava uma coisa
Parecia um amor infantil e maduro
Tudo ao mesmo tempo
Risos, lágrimas por uma cadela perdida, movimento...
É! A palavra era essa: M O V I M E N T O
Tinhamos muito em comum e ás vezes o mesmo medo de viver aquilo.
Então, as brigas começaram e o que deveria ser um conto de fadas novamente.
Ficou preso no tempo entre largas escalas de tempo.
Poemas ficaram foscos e não tinham mais cara de promessa
E sim de lamento.
Me perdi, ele se perdeu.
Nos perdemos.

Poxaaaaaa!
Eu queria amar a mesma pessoa de diversas formas, mas não deu.
Virou uma brincadeira de criança cheia de brigas infantis.
Onde somente um lado (acho) acaba machucado.
E que demora a sarar, por ser chato curar feridas infantis.
Seria possível acontecer algo que mudasse tudo?
Acho que sim...
Porém, quando um pára de lutar e o outro continua
...
A falta de reciprocidade.
Aumenta o machucado do outro.
E o que deveria ser um...
Boa Noite, meu amor

Vira: Fuiiiiiiiiiiii !

Prefiro pensar no futuro...
Quero um amor tranquilo porém, cheio de emoções fortes.
Não de desavenças, ciúmes á parte, joguinhos inúteis.
Um amor boêmio, voraz, que goste do que faço.
E se ele também tiver fazendo algo...
Adorarei que façamos juntos...
Como muitas parcerias que fiz em minha vida.
Gosto de quem cuida de mim
Quem promete que nada de mal irá me acontecer...
Sempre busquei isso desde que mencionei o AMOR MAIOR.
Ao qual admiro muito...

Não espero nunca um
"Eu te amo"
Isso são para filmes e romances baratos.
Mais o "Faço por que te quero!"
Sim! Este tem valor e respeito.
Tem o valor do perdão, gosto de fazer o impossível.
Me faz escrever os melhores poemas.
E se dúvidar...
Trarei o Mundo em minhas mãos.
Só para dar a ti.
É O AMOR MAIOR
Este é meu jeito de viver:

UM AMOR TRANQUILO

MALU FREITAS
FOTOS: GOOGLE

Nenhum comentário: