E quando tudo começou...

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Em seus braços...

Um anjo se aproximou de mim.
Carregou
minha alma e tomou para si
Como num sono profundo

Me entreguei aos poucos

Me deixando envolver pela malícia dos seus desejos
Ópio que vicia, entorpece.

Em meio sinistros aparece-me em sonhos

Roubando a paz noturna
Parece abraçar-me, cheirar-me o pescoço

Vampirizando minha alma até nos momentos mais tranquilos
Nobre anjo noturno e sua magia

Ainda mesmo sendo dia
Segue descobrindo todos os meus segredos

Desde quando me despertou de um sono

Para vê-lo no raiar do dia

Ao meu lado na cama como se fosse real

Sinto-te como vento em meus cabelos

Tão real quanto a sombra que te acompanha

Muitas vezes sinto-me carregada em teus
braços
Mesmo quando não estás aqui.

MALU FREITAS
fotos: Google

Nenhum comentário: