E quando tudo começou...

terça-feira, 19 de agosto de 2008

A Longa Espera


Demorada será sua volta
E longa a minha espera
Por não ser em tempos reais
Você no seu. Eu na minha.
Tempos diferentes
Como num deslize do Mundo Paralelo
Nos encontramos
E ficamos. Nos visitamos

Porém, isso jamais será eterno
Então, penso...: Preciso encurtar a distância que nos afasta.
Mais contra o tempo não posso lutar
Não sou carne eterna, mas posso ser alma
Um dia se for realmente correto
Este Mundo Paralelo fará o encontro de nossas almas
E a distância não será mais a mesma.
Estaremos com as mesmas idades,
Os mesmos ideais, as mesmas idéias.
Seremos eternos, livres para fazermos o que quisermos
Então, se ainda quiseres sairei na sua busca
Moverei céus e terra atrás de você
Se por acaso não me reconhecer ou esquecer
Darei um jeito de beijar-te...
E saberás quem sou!
Dizem que a distância entre o céu e a terra
O tempo e o espaço faz os mortais esquecerem dos imortais.
Mais eu não esquecerei não esquecerei de ti
E nem você de mim.
Seremos mais uma vez...

ETERNOS

MALU FREITAS
Foto: Google

Nenhum comentário: