E quando tudo começou...

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

A Procura de Baco



A Procura de Baco

Entre esquinas, praças e bares...
A busca pelo néctar dos deuses continua...
Entre beijos e aventuras etílicas.
Ao cheiro da fumaça que exala
Na noite enluarada

Entre doces carícias
E perdições de momento...
A busca pelo incerto
A procura de semideuses...
Sigo.
Entre os contornos
Da taça vermelha vejo meu sangue
Que se mistura ao vinho derramado
Em sua boca
Quando cravara seus dentes em mim.
Mesmo assim, ainda procuro Baco
Para morrer em teus braços.

Malu Freitas


Nenhum comentário: