E quando tudo começou...

domingo, 22 de março de 2009

UMA VERDADEIRA "VAMP"






Uma Verdadeira Vamp
Uma verdadeira “vamp” não erra sua caça.
Espreita, observa, estuda pacientemente sua presa.
Escolhemos. Nunca somos escolhidos.
E quando partimos para nossa presa...
Olhamos olhos, mordemos e a transformamos em eternos.
Se a presa nos olhou nos olhos até o momento em que suguei a última gota de seu sangue...
Então, deixo vivo para poder retornar.
Se a presa não suportou a dor do nosso olhar profundo.
Fugiu de si mesmo e não da vamp.
Malu Freitas


Um comentário:

Licínia Ramizete disse...

Muito lindo o seu Blog! Parabéns! Agora sou seguidora!!! Vou tentar aprender um pouco e dar início à divulgação do meu blog e consequentemente, ao livro O Vampiro da Internet.
Muito obrigada, amiga!
Bjs
Licínia Ramizete