E quando tudo começou...

terça-feira, 25 de novembro de 2008

Vinhos...Poemas e Beijos


Vinhos...Poemas e Beijos

Dou a ti meus mais novos poemas
Me destes vinhos, beijos e afagos
Quando fazia alguns deles
O cheiro de paixão no ar
O aroma do vinho ainda permanecia naquele beijo

Pedi que não me mandastes rosas

Por uma única razão...
Ganhava um monte delas
Quase todos os dias
Mais de alguém que um dia
Resolveu me despetalar como uma rosa.

Então, apenas me convencestes
Quando mostrou-me aquele jardim
Cheio de rosas e disse que jamais tiraria uma
Pois, já tinha a mim
A melhor das rosas do seu jardim
E logo, depois beijou-me com a promessa
De nunca deixar morrer o que um dia despertamos

Para que escrever poemas,

Se já tenho um que diariamente
Vais roubando meu coração
E colocando romance em cada olhar e gesto

Mesmo parecendo tão diferente

Nosso amor em pedaços
Me encanta e seduz
Quero continuar a ouvir a voz do meu coração
Que pede acompanhar-te e ouvir-te
Ler no teu lindo sorriso
A promessa de ter...

O melhor dos meus poemas e
E ser a melhor das suas rosas

MALU FREITAS
FOTOS:GOOGLE

Nenhum comentário: