E quando tudo começou...

terça-feira, 7 de outubro de 2008

Compasso no descompasso

Temo meus passos
Temo seu abraço
Nada segue um compasso
Que caminha descompassado
Nada espere do que faço
Quando estou em descompasso
Apenas com pouco embaraço
Confesso que faço
Tento acertar o passo
Mais no que faço
Tem um pouco do laço
Que nos une passo-á-passo
E mesmo num descompasso
Sigo enfrente, sem nem pensar no que faço
Só pensando nos nossos passos
Me diz o que faço?

Malu Freitas
fotos:Google

Nenhum comentário: