E quando tudo começou...

quarta-feira, 9 de julho de 2008

Minha Amada Imortal



"Meu anjo, meu tudo ...
Minha alma gêmea...
Só algumas palavras e a lápis ... o teu.
Só amanhã saberei onde vou ficar. Uma perda inútil de tempo...
Por que essa tristeza? Se estivéssemos juntos, não sentiríamos esta dor.
Onde eu estiver, estarás comigo.
Logo estaremos juntos, e que vida teremos.
A jornada foi horrível.
Só cheguei aqui às quatro da manhã.
Avisaram para não viajar à noite por causa da floresta...
Mas isto só me tentou.
A carruagem quebrou numa estrada terrível...só uma estrada no campo , e estou completamente retido.
Mas, achei uma outra e logo estaremos juntos.
Hoje, espero. Tenho de te ver.
Por mais que me ames, eu te amo muito mais.
Nunca te escondas de mim.
Embora ainda no leito, meus pensamentos são para ti...
MINHA AMADA IMORTAL.
Alguns alegres, outros tristes ... aguardando para ver se o destino vai nos ouvir. Só posso viver plenamente contigo, ou não viver.
Sim, é como deve ser.
Agora tenho de dormir.
Tenha calma amor... hoje,ontem...anseio até as lágrimas por ti.
Tu...és a minha vida..."
Ludwig Van Beethoven

*PS: Carta escrita a sua Amada Imortal por Ludwig Van Beethoven.

Fotos: Google

Nenhum comentário: